Fies mais barato incrementará acesso à universidade, diz Dilma

Em seu programa semanal de rádio, presidenta falou sobre oportunidades e descontos para estimular acesso a ensino superior

iG São Paulo |

Na edição desta segunda-feira (14) do programa Café com a Presidenta, Dilma Rousseff falou sobre o ensino superior e afirmou que, em seu governo, não será por falta de opção que o brasileiro deixará de ter acesso à universidade. A presidenta, que assumiu o cargo em janeiro, ressaltou a implantação do Novo Fies, ou Novo Financiamento Estudantil, programa que vai financiar cursos superiores às pessoas de baixa renda e cujo pagamento pode ser feito em até 20 anos.

De acordo com Dilma, quem fizer um curso de licenciatura e der aula para o ensino público terá direito a um desconto. "Sua dívida com o Novo Fies será perdoada e reduzida a 1% a cada mês de exercício profissional", completou.

Dilma falou também sobre Programa Nacional de Acesso à Escola Técnica (Pronatec), que pretende lançar em março deste ano. "Será um conjunto de ações voltadas para os estudantes e trabalhadores que querem fazer um curso técnico e que não têm como pagar." Além do Novo Fies e do Pronatec, a presidenta citou as bolsas do ProUni como forma de o estudante de menor renda do ensino público ingressar na universidade.

Café com a Presidenta

O programa, criado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva , foi ao ar pela primeira vez em novembro de 2003. Transmitido semanalmente, o programa pretende divulgar ações do governo e tratar de temas da atualidade. “É falar do que temos feito e falar também do que pretendemos fazer para melhorar a nossa vida e discutir os desafios que certamente vão aparecer”, destacou a presidenta.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG