Ao votar, ex-governador José Serra, favorito na disputa interna, disse que a população apoiou sua renúncia à prefeitura paulistana

Falhas nos tablets usados como urnas eletrônicas nas prévias do PSDB devem atrasar a divulgação do nome do candidato tucano à prefeitura de São Paulo, neste domingo. Hoje, após meses de indefinições e o receio de o PT acabar com sua hegemonia em São Paulo, o PSDB escolhe seu candidato. O ex-governador José Serra é o favorito .

Prévias: Ao votar, Serra diz que população apoiou sua renúncia à prefeitura

Críticas: Fernando Henrique Cardoso compara governo Dilma a balcão

O ex-governador José Serra vota nas prévias do PSDB na capital paulista
AE
O ex-governador José Serra vota nas prévias do PSDB na capital paulista
Por volta das 11h30 os tablets de pelo menos 9 dos 58 diretórios zonais apresentavam defeitos , segundo as assessorias dos pré-candidatos. Estes diretórios concentram cerca de 20% dos filiados aptos a votar. As falhas obrigaram os dirigentes tucanos a optarem por votações manuais com cédulas de papel, cuja apuração também será manual.

A previsão do partido é anunciar o vencedor das prévias em um ato político na Câmara Municipal às 17h, mas os problemas técnicos podem atrasar a apuração.

O deputado federal Ricardo Tripoli vota no diretório local do PSDB
AE
O deputado federal Ricardo Tripoli vota no diretório local do PSDB


“Pode ser que realmente atrase um pouco. Mas isso não tira o brilho do processo”, admitiu o deputado Ricardo Tripoli, um dos pré-candidatos.

Além dele participam das prévias o secretário estadual de Energia, José Anibal e o ex-governador José Serra, apontado como favorito. Segundo dirigentes tucanos, no início da tarde os problemas haviam sido revolvidos na maioria dos diretórios.

Confiante: José Aníbal minimiza influência da cúpula do PSDB na militância

O partido gastou R$ 250 mil na contratação de uma empresa que implantou o sistema e disponibilizou 12 técnicos para darem suporte durante a votação.

O secretário estadual de Energia e pré-candidato tucano vota nas prévias em SP
AE
O secretário estadual de Energia e pré-candidato tucano vota nas prévias em SP

As falhas nos tablets provocaram constrangimento a líderes tucanos hoje pela manhã. O governador Geraldo Alckmin atrasou em quase uma hora sua votação porque o sistema do diretório do Butantã não estava funcionando. Aníbal, que vota no diretório de Perdizes, mas foi até o Butantã acompanhar Alckmin esperou por quase meia hora e acabou desistindo. Mais de 20 mil pessoas estão habilitadas a participar das prévias do PSDB. A votação começou 9h e vai até 15h.

O governador Geraldo Alckmin enfrentou problemas com sua urna
AE
O governador Geraldo Alckmin enfrentou problemas com sua urna

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.