Ex-prefeito de Viradouro deixa prisão temporária

Suspeito de desviar dinheiro público nas suas duas últimas gestões, José Lopes nega irregularidades e acusa adversários

Agência Estado |

selo

O ex-prefeito de Viradouro, no interior de São Paulo, José Lopes Fernandes Neto, suspeito de desviar dinheiro público nas suas duas últimas gestões, entre 2001 e 2008, saiu da cadeia ontem. Um grupo de moradores comemorou a liberdade do político, inclusive soltando rojões.

O prazo da prisão temporária, por cinco dias, venceu ontem e a prorrogação não foi pedida pelo Ministério Público Estadual (MPE) local, que investiga as denúncias. José Lopes nega qualquer irregularidade e atribui as acusações a adversários políticos.

José Lopes foi preso na quinta-feira após investigação policial, que está averiguando possíveis desvios de dinheiro público em serviços de manutenção da frota da prefeitura e até troca de peças. Notas frias superfaturadas e até de serviços não realizados teriam sido emitidas.

O empresário Fernando Felício, que seria o intermediário entre José Lopes e outros comerciantes da região, preso no mesmo dia, também foi solto. O delegado de Bebedouro, Maurício Vieira Silva, responsável pelo caso, já ouviu pelo menos 15 pessoas.

    Leia tudo sobre: Viradouroinvestigaçãodesvioverba pública

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG