Estudantes do Colégio Pedro II protestam contra Dilma no Riocentro

Instituição está em greve há três semanas. Presidenta participará no local da Bienal Internacional do Livro

Raphael Gomide, iG Rio de Janeiro |

Cerca de 500 pessoas - estudantes, professores e servidores do Colégio Pedro II em sua maioria - fazem um protesto contra a presidenta Dilma Rousseff na tarde desta quinta-feira (1º) no Riocentro, na zona oeste do Rio de Janeiro. Dilma é aguardada no local para participar da 15ª  Bienal Internacional do Livro . A abertura do evento foi atrasada por causa da manifestação .E a segurança foi reforçada.

Com apitos, buzinas e faixas, os manifestantes gritam palavras de ordem contra a política de educação do governo federal. Uma das instituições mais tradicionais do Rio, o Colégio Pedro II enfrenta greve de professores e servidores há três semanas.

"A Dilma cortou R$ 3 bilhões da educação e os professores do Pedro II estão com os salários congelados há dez anos", afirmou Ygor Pena, de 15 anos, da unidade de Realengo, na zona oeste.

"Dilma a culpa é sua. A greve continua", gritavam em tom exaltado os manifestantes.

De acordo com Juliana Costa, aluna do Pedro II em Niterói, a unidade funciona precariamente em um Ciep cedido pelo governo do Rio e falta até papel higiênico nos banheiros.

Em uma das faixas os manifestantes pedem que 10% do PIB (Produto Interno Bruto) seja destinado a educação. Há outras com os dizeres "Luto pela educação", "Toda mãe quer o melhor e você, Miriam Belchior (ministra do Planejamento)?". "Greve no Pedro II e concursos públicos já".

    Leia tudo sobre: estudantesprotestoDilma Roussefcolégio Pedro II

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG