Erenice Guerra se reúne com o presidente Lula

No encontro, estão em discussão as denúncias feitas à ministra e sua família e os seus impactos no governo e na campanha de Dilma

iG Brasília e iG São Paulo |

A reunião de coordenação que ocorre todas as manhãs de terça-feira entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus os principais ministros hoje foi substituída por uma conversa entre o presidente e a chefe da Casa Civil, ministra Erenice Guerra.

Na pauta, como na reunião que tiveram ontem, estão as acusações sobre sua família. O presidente Lula quer saber se novas denúncias envolvendo a família da ministra podem ainda surgir e de qual impacto seriam em seu governo e na campanha de Dilma Rousseff (PT).

Desde a primeira acusação, feita na edição do fim de semana da revista Veja, de que o filho de Erenice, Israel Guerra, teria favorecido uma empresa do setor aéreo, novas acusações contra a família têm surgido todos os dias. Entre as últimas, estão a de que Israel prestou consultoria jurídica sem registro e que circulou por diversos cargos públicos comissionad durante a gestão de Lula.

Outra denúncia, mais direta à ministra, é de que ela manteria duas empresas privadas operantes ao longo do período em que trabalha no governo. Segundo a assessoria de imprensa da Casa Civil, porém, as duas empresas estão inativas e em processo de fechamento.

Mesmo depois de falar com o presidente, porém, Erenice ainda deve esperar um parecer dos advogados do escritório que contratou, o Tojal, Teixeira Ferreira, Serrano e Renault Advogados, antes de se manifestar publicamente sobre as suspeitas que recaem sobre ela e sua família.

    Leia tudo sobre: erenice guerralobbyeleições 2010casa civillula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG