Entre 2007 e 2009, apenas dois deputados tiveram 100% de presença

Jofran Frejat (PR-DF) e Carlos Mannato (PDT-ES) evitam criticar colegas, mas defendem transparência e compromisso com eleitor

Fred Raposo, iG Brasília |

Na contramão da maioria dos parlamentares da Casa, dois deputados registraram, entre 2007 e 2009, 100% de presença em sessões ordinárias da Câmara: Carlos Humberto Mannato (PDT-ES) e Jofran Frejat (PR-DF).

São exceções. Levantamento do iG revela que 35 deputados perderiam mandatos por faltarem a um terço das reuniões ordinárias da Câmara dos Deputados, em pelo menos uma das três últimas sessões legislativas. Mas suas justificativas foram acolhidas pela Mesa Diretora.

Em seu quinto mandato, Jofran afirma que a presença em plenário não é “façanha”. “Temos compromisso com o trabalho no parlamento”. Por ser morador de Brasília, ele admite “facilidade” para se dedicar à legislatura, mas destaca que mandato depende de “dedicação exclusiva”. “É um compromisso com o voto do eleitor que assumo e cumpro”, diz.

Mannato, em seu segundo mandato, assinala que comparecer a todas as sessões é uma “determinação” sua. “Fui eleito para isso e tenho compromisso até janeiro de 2011”. Ele conta que “mesmo doente” marca presença no Congresso. “Em quatro anos tive gripe, febre, diarréia. Não tem desculpinha”.

Eleito pelo Espírito Santo, o parlamentar conta que pega o “primeiro ou segundo voo” de terça de manhã para Brasília. “Não aceito compromisso fora de Brasília. Já me convidaram para ir a Amazônia, Antártica, Europa. Nunca aceitei", reforça. "A última vez que faltei a uma sessão foi em 2005, quando meu pai morreu. Dizem que assisto até a videoclipe da Câmara”.

Eles evitam criticar os colegas que faltam demais. Porém, ressaltam que a tendência, com a disponibilização dos registros de faltas na internet , é que o número de ausências caia. “Acho a medida boa, ajuda a regularizar (as faltas)”, sublinha Jofran. “Aqui tem quem é correto e quem não é correto. O importante é separar o joio do trigo”.

Para Mannato, a Câmara “até demorou a colocar” os dados na internet. “Tá certo. Não faltou? Tem que assumir. É fundamental essa transparência com o eleitor”.

    Leia tudo sobre: deputadoscassaçãojofran frejatcarlos mannato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG