Enquanto finaliza novo instituto, Lula prepara viagem à África

De acordo com Paulo Okamotto, entidade que será criada pelo ex-presidente deve ser formalizada em aproximdamente 60 dias

Nara Alves, iG São Paulo |

Brainpix
Agora fora do Planalto, ex-presidente mantém agenda no exterior; África é próximo destino
Em meio aos procedimentos para finalizar a criação de um instituto que deve levar seu nome, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prepara mais uma viagem internacional. De acordo com o ex-dirigente do Sebrae Paulo Okamotto, Lula começou a definir um roteiro de visita à África do Sul, onde receberá um prêmio.

As políticas de desenvolvimento de regiões como a África, segundo Okamotto, devem entrar na pauta de discussões que serão realizadas pelo novo instituto de Lula. A expectativa, de acordo com ele, é de que os detalhes sobre a criação do novo órgão sejam finalizados dentro de aproximadamente 60 dias.

Okamotto reiterou que o novo instituto não será financiado com dinheiro público e deve seguir o modelo que hoje paga pela estrutura do Instituto Cidadania, de onde o ex-presidente tem despachado desde que deixou o Palácio do Planalto. A entidade é abastecida com doações de um grupo de petistas, entre eles Okamotto.

Além disso, o ex-presidente pretende embarcar na segunda quinzena de maio para Manágua, na Nicarágua, para participar de um encontro internacional de partidos de esquerda.

A agenda internacional dá continuidade ao roteiro traçado por Lula desde que deixou a Presidência, na virada do ano. Nas últimas semanas, por exemplo, o ex-presidente viajou para destinos como Madri e Londres, para prosseguir com o ciclo de palestras a empresários e investidores. Lula abriu uma empresa para prestar esses serviços, na qual tem Okamotto como sócio.

    Leia tudo sobre: lulainstituto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG