Emocionado, Lula liga para Marisa e Dilma para dar boa notícia

Exame que confirmou fim do tumor seria feito na semana passada. Um pedaço de carne ingerido por Lula adiou a realização dos exames

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Emocionado - mas sem chorar - o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou na manhã desta quarta-feira para sua mulher, a ex-primeira-dama Marisa Letícia, para contar que os exames apontaram o desaparecimento de seu tumor na laringe . De acordo com médicos, exames detectaram "ausência de tumor visível, revelando apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia, como seria esperado".

Leia: Exames de Lula confirmam desaparecimento de tumor

Poder Online: De Cuba, Chávez envia mensagem para Lula

Divulgação/Instituto Lula
Ex-presidente no Instituto Lula, depois de fazer os exames que confirmam o desaparecimento do seu tumor

Em seguida, Lula telefonou para a presidenta Dilma Rousseff , que está na Índia, onde recebeu o título de doutora honoris causa na Universidade de Nova Délhi. O terceiro a receber a notícia de Lula foi o presidente da República em exercício, deputado Marco Maia (PT-RS).

Apesar dos indicativos de que o tumor havia regredido totalmente, Lula estava muito apreensivo desde ontem à noite. Hoje, aliviado, o ex-presidente também cumprimentou e parabenizou toda a equipe médica do Hostpial Sírio-Libanês pelos resultados.

Apesar do desaparecimento do tumor, Lula só será dado como curado do câncer daqui a cinco anos, caso não haja recidiva.

Galeria de imagens: Relembre as visitas que Lula recebeu durante o tratamento

Pedaço de carne

Os exames deveriam ter sido realizados na semana passada, mas tiveram de ser adiados por conta de um imprevisto. O ex-presidente ingeriu um pedaço de carne que provocou uma inflamação na garganta. A inflamação provocou rouquidão e o adiamento dos exames, realizados hoje.

Segundo o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, o ex-presidente deverá se submeter agora a procedimentos médicos periódicos para acompanhar o quadro de saúde. "Ele venceu essa etapa. É como se ele tivesse ganho na loteria", disse Okamotto.

Articulação

Lula deixou o hospital, por volta das 11h30, sem falar com a imprensa, dirigindo-se ao Instituto Lula, no bairro do Ipiranga, na capital paulista. Esta é a primeira vez que Lula vai até o instituto desde o início da radioterapia.

Neste momento, está reunido com amigos e colegas. Ele deve gravar um vídeo que será divulgado em breve. Além disso, ele avalia se vai participar, na próxima sexta-feira, de evento realizado pelo instituto no Hotel Jaraguá. A agenda de compromissos relativos às eleições municipais de outubro também será definida no encontro de hoje.

A amigos, o ex-presidente afirmou que gostaria de tirar 20 dias de férias antes de voltar à articulação política em torno, especialmente, da candidatura do ex-ministro Fernando Haddad em São Paulo. Os amigos, no entanto, não acreditam que ele conseguirá ficar mais de uma semana afastado.

Lula já recuperou 2 kg dos 18 kg que perdeu desde que iniciou o tratamento contra o câncer.

Instituto Lula
Lula recebeu a visita de Haddad no último dia 23 de março, no hospital

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG