Emocionado, Alencar canta "A Flor e o Espinho" para Dilma

"Tire o seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor", diz a música que ex-vice cantou na UTI do hospital

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

Internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, o ex-vice-presidente José Alencar recebeu hoje a visita de Dilma Rousseff . No quarto, Alencar cantou três músicas para a presidenta, entre elas "A Flor e o Espinho", de Nelson Cavaquinho, Guilherme de Brito e Alcides Caminha (assista abaixo vídeo com interpretação de Paulinho Moska). "Tire o seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor", diz a letra. Segundo o iG apurou, Dilma, Alencar e todos os que se encontravam no quarto choraram com a homenagem.

null A canção foi a forma que Alencar encontrou de comemorar a vitória de Dilma na disputa presidencial. Ele havia prometido a ela que dançaria um samba em homenagem ao Rio de Janeiro e um xaxado em homenagem ao Nordeste, lugares onde o apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua sucessora foi determinante para o resultado das eleições. Como Alencar não está em condições de dançar, ele cantou segurando Dilma pela mão.

No encontro de hoje, o ex-vice disse à Dilma ter "absoluta confiança de que o País está em boas mãos” e que sabe que ela "fará um grande governo". Neste momento, Dilma chorou novamente.

Lula e uísque

Na última sexta-feira, José Alencar e sua mulher, Mariza Gomes da Silva, receberam para um almoço o ex-presidente Lula.  Antes que os pratos fossem postos à mesa, no entanto, Alencar pediu à sua mulher "o remédio principal”. Surpresa, Mariza perguntou: "mas qual é?". A resposta foi "uísque". Mariza, então, pegou a garrafa da bebida que regou o almoço.

O encontro no apartamento do casal, na região da Avenida Paulista, durou algumas horas. Alencar e Lula se revezaram contando histórias da infância,  das primeiras aulas que tiveram na vida e rememoraram diversas passagens do governo. Os encontros com Lula têm sido semanais.

Roberto Stuckert Filho/Divulgação
Dilma e Gilberto Carvalho visitam Alencar na UTI (10/02/2011)

Nova internação

Alencar voltou a ser internado no início da tarde de ontem com peritonite por perfuração intestinal. Segundo o iG apurou, Alencar foi ontem ao hospital para fazer hemodiálise e transfusão de sangue com muita dor abdominal. Os médicos pediram uma tomografia e identificaram perfurações no intestino causadas pelo tumor. Ele está sendo tratado com antibióticos e seu quadro é considerado grave.

O ex-vice, que luta contra um câncer há quase 13 anos, estava em casa com a família, em São Paulo. Ele havia deixado o hospital no último dia 25, após 30 dias internado. A última aparição de Alencar aconteceu no aniversário de São Paulo, quando foi homenageado com a Medalha 25 de janeiro. Na ocasião, Alencar falou sobre sua luta contra a doença e disse que lutava “para não morrer”.

    Leia tudo sobre: AlencarJosé Alencarex-viceDilmaLula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG