Emenda de Barbiere pagou empresa de irmã

Obra de R$ 140 mil em Valparíso foi tocada por empresa de Elena Maria Barbiere e seu marido, Luiz Carlos Jorge

AE |

selo

AE
Deputado Roque Barbiere (PTB-SP) concede entrevista em seu gabinete (04/10)
Recursos de R$ 140 mil de emenda do deputado estadual Roque Barbiere (PTB) foram parar nas contas da empreiteira de sua irmã e seu cunhado.

A verba, usada na construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), no município de Valparaíso, foi repassada em 2007 para a prefeitura, que contratou a Amplie Construções e Serviços Ltda. para fazer a obra.

A empresa é de propriedade da irmã de Barbiere, a dentista Elena Maria Barbiere Jorge, e do marido dela, o engenheiro Luiz Carlos Jorge.

A UBS, embora inaugurada em 2008, até hoje não entrou em funcionamento e ninguém na cidade soube dizer ao certo qual a modalidade de licitação foi usada para contratar a construtora. Entre 2005 e 2008, a Amplie abocanhou R$ 1,4 milhão em obras realizadas em Valparaíso, cidade de 22 mil habitantes, na região de Araçatuba. A empreiteira construiu e reformou escolas, prédios esportivos, postos de saúde e até uma delegacia de polícia. O prefeito Antônio Gomes Barbosa (PTB), depois de perder a reeleição, foi contratado como assessor parlamentar de Barbiere.

O atual prefeito da cidade, Marcos Yukio Higuchi (PSDB) confirma que o repasse dos recursos foi feito por meio de emenda parlamentar apresentada pelo próprio Barbiere. Mas Higuchi se diz insatisfeito com a obra porque a UBS, embora tenha sido inaugurada em 2008, não foi entregue até hoje para a população por estar fora dos padrões exigidos. "Tivemos de entrar com uma ação para chamar a empresa de volta para refazer parte da obra", contou.

Outro lado

O deputado Roque Barbiere negou conhecer a Amplie Construções e Serviços Ltda. e disse não saber que os donos são sua irmã e seu cunhado. "Não conheço essa empresa e não converso com meu cunhado há anos", disse. "Deixei de falar com ele depois que ele veio me pedir para ajudá-lo como deputado em coisas impróprias."

Barbiere diz que fez sua parte, destinando a emenda. "Eu destinei não só essa, mas outras emendas para Valparaíso, mas agora quem deve responder sobre o uso dos recursos é o prefeito."

O ex-prefeito Antônio Gomes Barbosa disse que a licitação para contratar a Amplie seguiu os trâmites normais. O engenheiro Luiz Carlos Jorge também negou irregularidades. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: venda de emendasroque barbieriemendassão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG