Em SC, tucanos pressionam por mais espaço no governo Colombo

Presidência da Casan pode ser compensação para PSDB, que reclama da pequena presança do partido no secretariado

Emerson Gasperin, iG Santa Catarina |

Deputados tucanos estiveram nesta segunda-feira com o senador eleito Paulo Bauer e o suplente Dalírio Beber, os representantes do partido no “colegiado” que está discutindo a composição do novo governo catarinense. Eles cobram mais espaço para a legenda na administração do governador eleito Raimundo Colombo (DEM).

O encontro foi uma reação à divulgação de uma lista montada pelo colunista Roberto Azevedo, do jornal Diário Catarinense , com os possíveis nomes do primeiro escalão de Colombo. A relação surgiu depois da reunião ocorrida com os líderes dos partidos aliados na noite de sexta-feira, 26, na casa do ex-senador demista Jorge Bornhausen para definir a divisão de cargos.

Além do anfitrião, Bauer, Beber e Colombo, participaram o senador eleito Luiz Henrique da Silveira (PMDB), o vice-governador eleito Eduardo Pinho Moreira (PMDB) e o presidente da Assembleia Legislativa, Gelson Merísio (DEM). Após conversarem até a madrugada, as únicas confirmações foram as indicações de Antonio Gavazzoni (PSDB) para presidir as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) e de Dalmo Claro de Oliveira (PMDB) para a pasta da Saúde.

Cota pessoal
Na lista com os supostos ocupantes do secretariado, o PSDB manteria Educação (Beber) e ganharia Planejamento (Marcos Vieira), Habitação e Saneamento (a definir), Assuntos Estratégicos (Paulo César da Costa) e Assistência Social (a definir). Como perderiam a Saúde e o Turismo, Esporte e Cultura, os tucanos pressionam por uma compensação – que viria na forma da presidência da Companhia Catarinense de Águas e Sanemanento (Casan), já anunciada por Colombo como sendo de sua cota pessoal.

Por enquanto, estão garantidos apenas os ocupantes da Fazenda (Ubiratan Resende, convidado pelo próprio governador) e da Articulação (o demista Antonio Ceron, um dos coordenadores da campanha de Colombo). Mas as negociações continuam e novos nomes podem ser anunciados a qualquer momento.

    Leia tudo sobre: santa catarinapsdbraimundo colombocasaneleições sc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG