Em Pernambuco, Lula critica "pequenez política" da oposição

Presidente afirma que que não repetiu a estratégia com os oposicionistas durante seu governo

Agência Brasil |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta ter-feira (17) que nunca tratou prefeitos e governadores de oposição de forma diferente dos aliados na distribuição de recursos. Ele afirmou que já foi vítima de “pequenez política” de adversários, mas que não repetiu a estratégia com os oposicionistas durante seu governo.

“Se eu morresse hoje teria a tranquilidade de dizer que duvido que exista um prefeito ou governador que não seja do meu partido ou de partido aliado que possa dizer que deixou de receber R$ 5 por conta de ser meu adversário político”, disse Lula, durante inauguração de obras na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univale), em Petrolina (PE).

O presidente disse que conhece a pequenez política de alguns opositores, que às vezes levam uma cidade ou um estado a não receber recursos, “porque os adversários ficam na briga pequena, sórdida e não permitem que o país se desenvolva”.

Ao reafirmar que seu governo não fez barganha com políticos de oposição, Lula disse que o próximo presidente terá que agir da mesma maneira, porque “o Brasil aprendeu como deve ser”. E completou dizendo que povo não é mais “vaquinha de presépio” que se deixa influenciar por formadores de opinião. “O povo aprendeu a escolher com maturidade política”.

Durante o discurso, Lula lembrou a visita que fez às obras da Ferrovia Transnordestina e voltou a criticar o que considera obstáculos para construção de grandes empreendimentos no Brasil. “A quantidade de obstáculos que se apresenta para a gente construir uma coisa é muito grande. Primeiro, tem o projeto, depois a licença ambiental, depois a licitação, depois a desapropriação e depois uma briga no Judiciário que é interminável.”

Ao lado do ministro da Educação, Fernando Haddad, o presidente prometeu regulamentar até o fim do mandato a criação de um fundo garantidor para substituir a figura do fiador no financiamento estudantil.

    Leia tudo sobre: LulaPernambucooposição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG