Em nota, Dilma diz que 'lamenta' perda de Palocci

Presidenta descreve ex-ministro como 'importante colaborador' e confirma escolha de Gleisi para a vaga

iG São Paulo |

A presidenta Dilma Rousseff divulgou nota no início da noite desta terça-feira em que diz "lamentar" a demissão do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci. No texto, a presidenta menciona os "inestimáveis" serviços prestados pelo ministro e confirmou a escolha da senadora Gleisi Hoffmann para a vaga.

"A Presidenta da República, Dilma Rousseff, recebeu na tarde de hoje carta em que o ministro Antonio Palocci solicita demissão da chefia da Casa Civil da Presidência da República. A Presidenta aceitou e lamenta a perda de tão importante colaborador", diz a nota. "A Presidenta destacou a valiosa participação de Antonio Palocci em seu governo e agradece os inestimáveis serviços que prestou ao governo e ao país", completa o texto.

AE
Avaliação do governo é a de que a situação do ministro tornou-se insustentável

Também por meio de nota, o presidente do PT, Rui Falcão (SP), lamentou a saída de Palocci.

“O pedido de demissão do ministro Antonio Palocci - mesmo após a manifestação do Procurador-Geral da República, que confirmou a retidão e legalidade de suas atividades profissionais - reafirma o alto espírito público de sua conduta.

Ao avaliar que a exploração política dos adversários em torno de sua permanência poderia prejudicar o governo, o companheiro Palocci preferiu afastar-se. Antes, como agora, o ministro tem toda a nossa solidariedade, tanto mais diante do gesto que só o engrandece”.

    Leia tudo sobre: Dilma rousseffantonio palocci

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG