Em nota, Dilma agradece Lupi e confirma secretário como interino

Paulo Roberto dos Santos Pinto deve ficar no cargo deixado por Carlos Lupi até a reforma ministerial, em 2012

Valor Online |

A Presidência da República divulgou nota, na noite desde domingo, oficializando a saída do ministro do Trabalho, Carlos Lupi . Alvo de denúncias, ele chegou a dizer que, há algumas semanas, que só deixaria a pasta "abatido à bala". Porém, entregou entregou o cargo após reunião com a presidenta Dilma Rousseff na tarde de hoje.

Leia também: Carlos Lupi acerta demissão com a presidenta Dilma

Leia a seguir a íntegra da nota divulgada pela Presidência:

"O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, apresentou hoje, em caráter irrevogável, sua demissão à Presidenta Dilma Rousseff.

A Presidenta agradece a colaboração, o empenho e a dedicação do ministro Lupi ao longo de seu governo e tem certeza de que ele continuará dando sua contribuição ao país.

A partir desta segunda-feira, responde interinamente pelo Ministério do Trabalho o secretário-executivo Paulo Roberto dos Santos Pinto.

Secretaria de Imprensa da Presidência da República"

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG