Em entrevista ao iG, Ciro fala sobre política e seu futuro

Ao desistir da candidatura de Ciro Gomes, o PSB limitou as opções eleitorais do deputado

Eduardo Oinegue, iG São Paulo |

A decisão do PSB de trocar a candidatura própria pelo apoio à candidata Dilma Rousseff colocou o deputado federal pelo Ceará, Ciro Gomes, diante de uma encruzilhada.

Como transferiu seu título de eleitor para São Paulo, Ciro tem diante de si a alternativa de sair candidato a deputado federal por um Estado onde é conhecido, mas não tem raízes eleitorais. Tem ainda a alternativa de deixar a política eleitoral de lado temporariamente.

Na entrevista que concedeu ao iG , Ciro Gomes não responde categoricamente que ficará fora da eleição de 2010, mas suas palavras dão uma pista de seu humor no momento: Sei lá. Vai ver viajo, vou virar intelectual. Vou fazer outra coisa.

Na entrevista, Ciro Gomes demonstrou uma grande desilusão com a política partidária, chegando a fazer uma confissão. Sempre fui acusado de ter trocado muito de partido. Minha vida partidária é uma tragédia mesmo. Desde que se iniciou na vida pública, Ciro pertenceu a cinco diferentes partidos: PDS (já extinto), PSDB, PMDB, PPS e PSB.

Repercussão

Leia também:

    Leia tudo sobre: ciro gomesdilma rousseffeleições 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG