Em Brasília, Alckmin pede dinheiro a Dilma para Rodoanel

Governador de São Paulo elogia a presidenta e contraria José Serra na questão do trem-bala

Adriano Ceolin, iG Brasília |

A presidenta Dilma Rousseff (PT) e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), reuniram-se hoje em Brasília para discutir obras de infraestrura no Estado. O assunto principal foi a construção do trecho Norte do Rodoanel, onde governo federal é parceiro em um terço da obra. Para este ano, Alckmin pediu a Dilma a liberação de R$ 371 milhões. O valor total da obra é de R$ 4,5 bilhões.

"Dilma se preocupa com logística. São Paulo é um parceiro do governo federal", disse Alckmin depois do encontro realizado no Palácio do Planalto. Adversário de Dilma na eleição de 2010, ele elogiou a presidenta. "Nós torcemos muito por ela, que tem conhecimento de questão de Estado e de gestão", disse o governador. Alckmin contou que eles falaram também sobre obras nos aeroportos de Cumbica e Viracopos.

O governador disse, ainda, ser favorável ao trem-bala, projeto que foi criticado por José Serra (PSDB) na campanha presidencial.

Essa foi a primeira visita de Alckmin à presidenta desde o dia da posse, em 1º de janeiro, quando o governador esteve em Brasília para cumprimentar Dilma.

Roberto Stuckert Filho / PR
Dilma recebe o governador Geraldo Alckmin no Palácio do Planalto, em Brasília

    Leia tudo sobre: Dilma RousseffGeraldo AlckminJosé Serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG