Em ano sem eleição, políticos deixam folia de lado no carnaval

Diferentemente do que fizeram em 2010, nomes como Dilma e Lula já estudam passar o carnaval com a família, longe dos desfiles

Flávia D'Angelo e Nara Alves, iG São Paulo |

Ao contrário do que ocorreu em fevereiro de 2010, quando políticos de todo País - em grande parte pré-candidatos a deputado, senador, governador e presidente - se revelaram foliões de primeira hora, no próximo feriado de carnaval os ex-candidatos, eleitos ou não, devem curtir as festas de maneira bem mais discreta.

Em 2010, a então ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff curtiu o Galo da Madrugada em um camarote em Recife, capital pernambucana. A maratona de pré-candidata teve, ainda, passagens pelo carnaval de Salvador e do Rio. Neste ano, no entanto, a presidenta planeja relaxar em uma praia do Nordeste com mãe, tia, filha e neto.

Agência Estado
Dilma em Salvador, em fevereiro de 2010, em um dos pontos de seu roteiro de carnaval para a eleição
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva , por sua vez, é esperado em desfiles em São Paulo, no Recife e no Rio de Janeiro. Ainda assim, já circula uma versão de que ele possivelmente também ficará de fora da folia. Aliados do ex-presidente dizem que ele tem cogitado passar o seu primeiro carnaval fora do Planalto descansando com a família.

Em 2010, Lula se resguardou em Brasília sem compromissos oficiais para não ofuscar Dilma. Este ano, por outro lado, ele chegou a ser citado como um dos aguardados no camarote do governador do Rio, Sérgio Cabral, na Sapucaí. 

Outro provável destino seria a capital paulista, para prestigiar a escola de samba Tom Maior. A escola fará uma homenagem a São Bernardo do Campo, berço político do petista, e reservou um destaque especial para o ex-presidente em um de seus carros alegóricos. Ainda na lista de convites, Lula era esperado no Galo de Madrugada, no Recife, a convite do governador Eduardo Campos (PSB).

O vice-presidente da República, Michel Temer , que em fevereiro de 2010 ainda não havia sido confirmado como candidato a vice na chapa de Dilma, também deve aproveitar o feriado de carnaval para descansar com a família.

Tucanos

Há exatamente um ano, o então governador de São Paulo José Serra , na ocasião pré-candidato à Presidência, brincou com Ivete Sangalo no circuito Osmar, em Salvador. O tucano disse gostar de música baiana e afirmou, inclusive, que dançaria o "rebolation", hit do grupo Parangolé. Agora candidato derrotado, o tucano até o momento não confirmou presença em nenhuma grande festa.

É possível que Serra acompanhe, a convite, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin , em uma visita oficial ao Sambódromo programada para sexta-feira. Ele também pode comparecer ao camarote da Prefeitura de São Paulo ao lado do prefeito Gilberto Kassab, com quem conversa diariamente.

O senador Aécio Neves , que no ano passado, quando era governador de Minas, curtiu o feriado nos Estados Unidos, deve ficar longe da folia novamente neste ano. Segundo sua assessoria, Aécio não irá a nenhum camarote ou arquibancada para assistir aos desfiles.

    Leia tudo sobre: carnavalfoliapolíticaeleição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG