Eduardo Suplicy sobre a Copa: 'Decisão de Lula é responsável'

Senador discorda da opinião de Alvaro Dias, que comentou sobre o nível de endividamento dos 12 municípios que vão receber os jogos

Agência Senado |

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) discorda da opinião de que o aumento do nível de endividamento dos 12 municípios que vão receber jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e a Olimpíada de 2016 poderia gerar "irresponsabilidade fiscal", como afirmou o senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Para ele, ao tomar a decisão o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostrou que o país quer realizar, "e pode realizar, uma Copa do Mundo bem feita".

- É preciso tomar atitudes responsáveis para viabilizar os investimentos. Os demais municípios compreenderão essa necessidade. Afinal, os benefícios de uma Copa do Mundo e de uma Olimpíada serão estendidos a todo o país. Basta ver os benefícios que a recente Copa trouxe para a África do Sul - manifestou o senador petista.

Suplicy observou ainda que o presidente não apenas está criando condições para que as 12 prefeituras que receberão jogos da Copa façam a parte que lhes compete, como autorizou o governo federal a direcionar dinheiro para a ampliação dos aeroportos e portos e para outras obras de infraestrutura, para melhorar o atendimento de quem for ver os jogos.

- O presidente tomou as decisões com base em estudos realistas e bem fundamentados. Ele e todos os brasileiros têm uma expectativa otimista sobre a Copa e a Olimpíada. É preciso ter confiança de que o Brasil estará bem preparado para esses eventos - acrescentou.

Acontece no dia 26 de julho o 1º Debate On-Line Presidenciáveis 2010 . Saiba aqui como participar.


    Leia tudo sobre: Eduardo SuplicySenado FederalCopa 2014

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG