Eduardo Paes admite ceder vice ao PT no Rio em 2012

Prefeito avisou que se dispõe a abrir espaço na chapa durante jantar com a cúpula petista, na noite de quinta-feira

Ricardo Galhardo, enviado ao Rio de Janeiro | 05/08/2011 11:12

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Em jantar com a cúpula petista, quinta-feira à noite, na residência oficial da Gévea Pequena, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), aceitou ceder a vice ao PT nas eleições municipais do ano que vem.

O vice-governador, Luiz Fernando Pezão, que participou do jantar representando o governador Sérgio Cabral (PMDB), também admitiu que a vice ficará com o PT.

Paes recebeu uma comitiva de 13 integrantes da cúpula petista, reunida para um encontro do diretório nacional do partido em um hotel no Flamengo.

Durante o jantar o prefeito disse que a vontade tanto dele quanto de Cabral e da direção nacional do PMDB é que o PT integre a chapa majoritária a seu lado na disputa do ano que vem.

Os nomes mais cotados para a vice são os do ex-ministro do Meiop Ambiente, Carlos Mink, o deputado federa Jorge Bittar, o deputado estadual Gilberto Palmares e o líder do governo na Câmara Municipal, Adilson Pires. A decisão será no encontro municipal do PT, nos dias 1 e 2 de outubro.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG


Ver de novo