Diplomada, Marta evita comprometer-se a finalizar mandato

Senadora disse, no entanto, que pleiteará a vaga para vice-presidente da Casa

Daniela Almeida, iG São Paulo |

A senadora eleita por São Paulo, Marta Suplicy (SP), evitou comprometer-se em continuar no Senado durante as eleições municipais em 2012. Questionada pela imprensa, Marta respondeu que seu compromisso é em “fazer um belíssimo mandato no Senado”. “Estou muito animada, com muita garra. É um desafio e um privilégio muito grande representar São Paulo”.

Marta afirmou ainda que deverá pleitear a vaga para vice-presidente no Senado. “A presidência da Casa deverá ser ocupada pelo PMDB”, completou. A senadora comentou o aumento de 62% nos salários dos congressistas aprovado por parlamentares esta semana no Congresso. “Tinha que aumentar, mas não isso. Não ficou bonito não”.

Questionada sobre a liberação concedida pela Justiça ao deputado federal Paulo Maluf (PP), Marta fez críticas à atuação da Justiça. “A Justiça poderia ter feito uma coisa de forma mais tranquila, quer dizer, no momento em que os eleitores escolheram foi correto”, disse.

O partido de Paulo Maluf apoiou a candidatura de Marta Suplicy, em 2004, quando a petista disputava, no segundo turno, com José Serra (PSDB) a prefeitura da cidade de São Paulo. Na época, o ex-prefeito Maluf chegou a divulgar nota com ataques direcionados a Serra e disse que “a candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o melhor para a cidade”.

    Leia tudo sobre: diplomamarta suplicy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG