Dilma vai a Turquia reforçar agenda bilateral

Presidenta visita um dos principais interlocutores dos países muçulmanos na tentativa de ampliar comércio

iG Sâo Paulo |

A presidenta Dilma Rousseff fará uma visita oficial à Turquia em outubro, um dos principais interlocutores na crise que atinge os países muçulmanos no Norte da África e Oriente Médio. O objetivo da visita é intensificar ainda mais suas crescentes relações políticas e econômicas.

Nesta segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, se reuniu em Ancara com o chanceler turco, Ahmet Davutoglu, para discutir os detalhes do encontro. O chanceler brasileiro também se reuniu em Istambul por cerca de uma hora com o presidente turco, Abdullah Gul.

Davutoglu e Patriota anunciaram que a intenção de ambos os países é fazer com que a balança comercial alcance a casa de US$ 5 bilhões nos próximos anos. No ano passado, o comércio bilateral foi de US$ 2 bilhões, e nos seis primeiros meses de 2011 esse número chegou a US$ 1,5 bilhão.

Brasil e a Turquia estão em um momento de multiplicação dos contatos e aprofundamento da cooperação, segundo o Itamaraty. A Turquia, que abriu um consulado em São Paulo em 2009, planeja agora abrir um novo escritório diplomático no Rio de Janeiro.

(Com EFE e Agência Brasil)

    Leia tudo sobre: Dilma RousseffDilmaTurquiaRelações internacionais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG