Dilma terá reunião com Chávez e Cristina Kirchner em Caracas

Presidenta agendou encontros bilaterais em paralelo à cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos

AFP |

A presidenta Dilma Rousseff terá reuniões bilaterais com seus colegas Hugo Chávez (Venezuela) e Cristina Kirchner (Argentina) paralelamente à reunião da cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) em Caracas, segundo comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira.

AE
Presidenta desembarca em Caracas na quinta-feira
Durante sua visita a Caracas, onde participará na sexta e no sábado da reunião da Celac, que reunirá representantes de 33 países, a presidenta discutirá com seus pares os impactos da crise econômica internacional na região, além de analisar projetos de infraestrutura para a área, afirmou a nota da Presidência.

Dilma deve aterrissar em Caracas às 17h30 (15h30 de Brasília) de quinta-feira e posteriormente se reunir com Chávez.Na sexta-feira, a previsão é que sejam realizadas conversas bilaterais com Kirchner e com o presidente boliviano, Evo Morales.

Esta cúpula, que marcará o nascimento da Celac, um órgão de integração americano sem os Estados Unidos nem o Canadá, contará com a presença da maioria dos presidentes da região, assim como de dezenas de representantes dos governos.Paralelamente à cúpula da Celac, será realizada uma reunião da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e outra do acordo energético Petrocaribe, surgido em 2005, mediante o qual a Venezuela fornece petróleo e derivados com facilidades financeiras a países da região.

No ano passado, as trocas comerciais entre Brasil e os países da América Latina e do Caribe alcançou US$ 78,9 bilhões segundo dados do Ministério do Comércio Exterior.Entre janeiro e outubro de 2011, a cifra alcança US$ 77,9 bilhões.

    Leia tudo sobre: Dilma RousseffHugo ChávezCristina Kirchner

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG