Dilma se poupa e escala Dutra para falar sobre cargos com aliados

Objetivo é evitar desgaste antes da definição da equipe do novo governo

Adriano Ceolin, iG Brasília |

Após uma reunião na Granja do Torto, o núcleo duro da presidenta eleita Dilma Rousseff decidiu na noite desta segunda-feira que caberá ao presidente do PT, José Eduardo Dutra, continuar as conversas com os aliados sobre cargos no Ministério. A estratégia visa evitar um desgaste de Dilma com integrantes da base aliada, já que poucos postos foram definidos.

Além de Dutra, a missão foi delegada ao deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP). Os dois formam junto com o deputado Antonio Palocci o núcleo petista da transição entre o atual e o futuro governo.
Dutra e Cardozo estiveram reunidos por quase três horas com a presidenta eleita na Granja do Torto. Assessor pessoal de Dilma, Gilles Azevedo também participou do encontro. Todos saíram sem falar com a imprensa.

O iG apurou, no entanto, que Dutra e Cardozo serão neste primeiro momento os responsáveis por falar com os aliados sobre cargos. O presidente do PT vai tratar do assunto até mesmo com o vice-presidente eleito, Michel Temer, que é o principal interlocutor do PMDB. Oficialmente, ele também é o coordenador geral do grupo de transição.

Temer já disse que espera manter as seis pastas que o partido detém no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Outros partidos da base, como o PR e o PP, adotaram a mesma estratégia.
Em resposta, Dutra disse na semana passada que os ministérios não têm dono e que de trata de um novo governo.

A reunião na Granja do Torto foi a primeira após viagens de Dilma, a Seul, quando participou do encontro do G20, e a Porto Alegre, onde visitou parentes.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG