Dilma passa por exames médicos em SP; Alencar deixa hospital

Presidenta eleita e vice-presidente da República se encontram no Sírio-Libanês

Carlos Lo Prete, iG São Paulo |

A presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), passou por exames no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na manhã deste sábado. De acordo com o boletim médico divulgado pela instituição, Dilma passou por uma avaliação clínica e os resultados foram “satisfatórios”. Os médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff e Yana Novis acompanharam a presidente eleita nos exames de sangue, tomografia e ultrassom.  

AE
Dilma Rousseff deixa a casa do cardiologista Roberto Kalil Filho, no bairro dos Jardins, após participar de um reunião no local com 28 médicos, neste sábado

Terminado o check-up, Dilma aproveitou que estava no Sírio-Libanês para fazer uma visita ao vice-presidente José Alencar. Ele, que sofre de câncer abdominal desde 1997, havia recebido alta do hospital na quinta-feira após permanecer 24 dias internado por conta de uma nova obstrução intestinal e de um infarto no miocárdio.

No entanto, Alencar voltou a ser internado na sexta-feira e recebeu uma transfusão de sangue. Ele foi liberado por volta das 11h deste sábado, poucas tempo antes de Dilma, que deixou o hospital às 13h.

Após os exames médicos, Dilma foi recebida em almoço no apartamento de Roberto Kalil Filho, nos Jardins, zona sul de São Paulo. O encontro teve presença de vários médicos, entre eles o presidente da Agência Nacional de Saúde (ANS), Maurício Ceschin, e o oncologista Drauzio Varella. O deputado Antônio Palocci (PT-SP), um dos coordenadores do governo de transição, participou da reunião. No almoço foram discutidas propostas para a área de saúde do futuro governo.

Com informações de Andréia Sadi, iG Brasília, e da Agência Estado

    Leia tudo sobre: dilma rousseffsírio-libanês

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG