Dilma participa de reunião com presidentes da Venezuela e da Argentina

Diplomatas afirmam que expectativa é tratar da crise econômica internacional e do desenvolvimento sustentável

Agência Brasil |

A presidenta Dilma Rousseff desembarca na próxima quinta-feira (1º) em Caracas para uma reunião trilateral com os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Argentina, Cristina Kirchner. Depois, ela acompanhará as discussões da Cúpula Presidencial da Comunidade da América Latina e Caribe (Celac), nos dias 2 e 3 de dezembro.

Leia também: Dilma participa de reuniões de trabalho às vésperas do G20 e Na TV, Dilma ressalta crise e combate à corrupção

A expectativa, segundo diplomatas que acompanham as negociações, é que as questões relativas à crise econômica internacional, o desenvolvimento sustentável e a inclusão predominem nos debates. A Celac é formada por 33 países da região. O bloco foi criado em fevereiro de 2010 com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de parcerias regionais.

Na Venezuela, as autoridades preparam formas de transmitir as informações sobre as discussões e os debates ocorridos ao longo dos dois dias da cúpula. Para o governo venezuelano, as reuniões vão consolidar o projeto comum de integração com solidariedade, cooperação e coordenação política.

A Cúpula dos Presidentes da Celac estava marcada para 5 de julho. Mas o governo venezuelano adiou sua realização devido ao tratamento médico a que Chávez é submetido. Desde maio, o presidente venezuelano faz tratamento para o combate a um câncer. Ele fez uma cirurgia, em Cuba, para a retirada de um abscesso na região pélvica.

Nos últimos dias, Chávez, ao aparecer em público, informa que se recupera satisfatoriamente e conseguirá enfrentar uma campanha eleitoral rumo às disputas pela Presidência da República na Venezuela. O presidente perdeu mais de 20 quilos e está sem cabelo em decorrência da quimioterapia.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG