Dilma oferece Planalto para velório de Itamar

Ex-presidente e senador tinha deixado instruções para ser velado em Juiz de Fora

Agência Brasil |

A presidenta Dilma Rousseff ofereceu hoje (2) à família do ex-presidente e senador Itamar Franco (PPS-MG), que morreu neste sábado em São Paulo , o Palácio do Planalto para realização do velório. Segundo fontes da Presidência da República, Dilma telefonou para Henrique Hargreaves, que foi chefe da Casa Civil no governo Itamar Franco, oferecendo o palácio para que a família velasse o corpo do ex-presidente. Porém, Hargreaves informou que Itamar havia instruído a família para que seu corpo fosse velado em Juiz de Fora e cremado em Belo Horizonte.

Dilma deverá decretar luto oficial de sete dias e definir uma série de homenagens a Itamar. A Presidência da República prepara uma nota oficial em solidariedade à família do ex-presidente e lamentando a morte dele.

Itamar Franco morreu por volta das 11h de hoje (2), no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Desde o dia 21 de maio, o ex-presidente estava internado para tratamento de leucemia. O estado de saúde de Itamar piorou ontem (1º), quando ele passou passou a respirar com a ajuda de aparelhos. Nesta semana o senador foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Einstein.

AE
O então vice-presidente Itamar Franco, em Brasília

    Leia tudo sobre: Itamar FrancoDilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG