Dilma investe em agenda positiva ao reunir Conselho Político

Em reunião na quarta-feira, presidenta antecipará pontos do programa "Brasil Sem Miséria" a presidentes de partidos da base

Adriano Ceolin e Fred Raposo, iG Brasília |

A segunda reunião da presidenta Dilma Rousseff com o Conselho Político – composto por ministros e presidentes de partidos da base –, prevista para acontecer esta quarta-feira, será marcada por uma agenda positiva. Oficialmente, o Palácio do Planalto informa que o encontro servirá para antecipar os pontos do programa "Brasil Sem Miséria", cujo lançamento está previsto para quinta-feira.

A ideia é amenizar o noticiário negativo que teve como origem a informação de que o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, multiplicou seu patrimônio por vinte nos últimos quatro anos. “Não tem uma pauta definida, mas o caso Palocci não será discutido”, afirma o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO).

Além do peemedebista, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, já confirmou presença na reunião. Os demais dirigentes de legendas da base também deverão comparecer. A previsão é que o encontro aconteça pela manhã, no Palácio do Planalto, antes do almoço da presidenta Dilma com a bancada do PMDB no Palácio do Alvorada.

Ao evitar temas polêmicos, Dilma repete a fórmula do primeiro encontro do Conselho, em março. Na ocasião, o governo enfrentava a insatisfação de parlamentares com o anúncio de contingenciamento de R$ 50 bilhões do Orçamento e com a demora nas nomeações do segundo e terceiro escalão.

A criação do “Brasil Sem Miséria” foi anunciada no início do governo. Dilma escalou Ana Fonseca, que ajudou a formular o programa “Bolsa Família” – considerado um dos carros-chefe herdados do governo Lula – para elaborar um projeto a fim de combater a miséria extrema no País.

    Leia tudo sobre: conselho políticodilmaptpmdbbrasil sem miséria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG