Dilma e Anastasia trocam afagos e falam em parceria

Enquanto o governador mineiro falou em 'andar de mãos dadas com o governo federal', Dilma defendeu 'parceria estratégica'

AE |

selo

AE
A presidenta visita o Estado de Minas Gerais pela segunda vez desde que tomou posse
A presidenta Dilma Rousseff (PT) e o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), deixaram a rixa entre seus partidos de lado e trocaram afagos durante a cerimônia de lançamento da Rede Cegonha, programa do governo federal de atenção às gestantes na rede pública de saúde, em Belo Horizonte. Enquanto o governador mineiro falou em "andar de mãos dadas com o governo federal" e "apoio total" a projetos da União, Dilma defendeu o desenvolvimento de uma "parceria estratégica" com Minas Gerais.

"A presidenta Dilma pode ter certeza do apoio total ( do governo de Minas ) a projetos do governo federal", disse Anastasia. No final de seu discurso, o governador homenageou a presidenta Dilma, que é mãe e, recentemente, se tornou avó. "Lembro de uma frase da minha própria mãe: Não há palavra mais doce no mundo do que 'mãe'", afirmou, olhando diretamente para a presidenta.

Em seu pronunciamento, Dilma retribuiu o afago ao mencionar "avanços" na saúde em Minas Gerais e lembrar sua infância em Belo Horizonte. "Minas significa o conforto, o carinho e a segurança que senti durante minha infância aqui. Quero estender esses sentimentos a todos os brasileiros", afirmou, em referência a programas de saúde desenvolvidos pelo governo federal e ao esforço de erradicação da miséria no País.

    Leia tudo sobre: dilma rousseffAntonio Anastasiaminas gerais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG