Dilma diz que cúpula do Ministério dos Transportes será destituída

Presidenta afirma que todos os dirigentes do Dnit e da Valec sairão do governo

EFE |

A presidenta Dilma Rousseff assegurou que a cúpula do Ministério de Transportes será destituída após as denúncias de corrupção que já custaram o cargo de 18 funcionários, segundo declarações divulgadas neste sábado pela imprensa.

Dilma se referiu aos diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), assim como à cúpula da Valec, a empresa estatal encarregada das ferrovias, em um encontro realizado na noite de sexta-feira com vários jornalistas brasileiros no Palácio do Planalto.

"Sairão todos os dirigentes do Dnit e da Valec", disse Dilma, que descartou estar fazendo uma limpeza nos organismos dependentes do Ministério dos Transportes.

"Estamos fazendo uma renovação. Todos sairão, independentemente de endereços partidários", acrescentou a governante, que disse ainda que "não se pode demonizar a política nem as relações com os ministério".

    Leia tudo sobre: DnitDilma Rousseff

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG