Com exibição semanal, programa repetirá fórmula bem-sucedida com Lula. Porém, Dilma não copiará estilo do ex-presidente

A presidenta Dilma Rousseff marcou para primeira semana de fevereiro a estreia do seu programa de rádio. Exibido semanalmente, o programa terá o formato semelhante ao adotado pelo antecessor Luiz Inácio Lula da Silva . No entanto, assessores próximos à presidenta adiantaram que ela adotará um estilo mais formal que o de Lula no rádio.

AE
Dilma manterá programa semanal de rádio, mas com estilo diferente do antecessor Lula
Também existe a possibilidade de o programa não se chamar “Café com a Presidenta” - o de Lula chamava-se “Café com o Presidente”. Em formato pergunta e resposta, o programa continuará sendo gravado aos domingos e transmitido via satélite pelo mesmo canal de distribuição da “Voz do Brasil” em quatro horários: 6 horas, 7 horas, 8h30 e 13 horas.

A produção do programa é feita Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) em parceria com a Secretaria de Comunicação Social, hoje sob o comando da ministra Helena Chagas. A pauta do programa continuará a tratar de ações, projetos do governo e assuntos de interesse nacional. A duração é de seis minutos.

No entanto, de acordo com as próprias características da presidenta, o tom será mais sóbrio. Com formação mais técnica do que política, Dilma deverá focar questões do governo e evitar assuntos polêmicos. Como ocorreu na campanha presidencial, a tendência é não usar metáforas ou trocadilhos como Lula.

No começo desta semana, o governo anunciou que manterá a produção de uma coluna semanal com perguntas e respostas da presidente. Também será usado o mesmo formato de Lula. A coluna trará respostas de Dilma a três perguntas de leitores de jornais cadastrados. As inscrições já foram abertas. A publicação se dará às terças-feiras.

Como ocorreu em outras áreas do governo, Dilma pediu que o modelo de comunicação adotado, sobretudo no segundo mandato do presidente Lula, está bem avaliado e precisava ser mantido. Lula entregou o cargo com aprovação positiva de 87% da população. Avalia-se que a estratégia de comunicação foi bem sucedida.

Entre 2003 e 2005, o programa “Café com o Presidente” foi produzido pela empresa Toda Onda Comunicação Ltda. e tinha exibição quinzenal. Depois passou a ser produzido pela EBC com exibição semanal. O programa é apresentado pelo jornalista Luciano Freitas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.