Dilma confirma nomes de mais dez ministros do novo governo

Presidenta eleita oficializou cinco indicações do PMDB, três do PT e uma do PR

iG Brasília |

A presidenta eleita Dilma Rousseff oficializou por meio de nota à imprensa nesta quarta-feira mais dez nomes que vão compor seu governo. A lista é composta por cinco indicações do PMDB, três do PT e uma do PR.

Além de confirmar o atual ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (PT), no Ministério das Comunicações, o retorno do senador Edison Lobão (PMDB) ao Ministério de Minas e Energia e a permanência do também peemedebista Wagner Rossi como ministro da Agricultura, Dilma anunciou três mulheres no time da nova administração: as petistas Ideli Salvatti, no Ministério da Pesca e Aquicultura e Maria do Rosário, à frente da Secretaria de Direitos Humanos, e a jornalista Helena Chagas à frente da Secretaria de Comunicação Social da Presidência.

O documento, assinado pela assessoria de imprensa de Dilma, também ratifica o nome dos peemedebistas Garibaldi Alves à frente do Ministério da Previdência, Pedro Novais no Turismo e o ex-governador Moreira Franco, que chefiará a Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência. A lista é completada pelo senador Alfredo Nascimento, do PR, que volta a comandar a pasta dos Transportes

"A presidenta eleita determinou a seus novos auxiliares que trabalhem de forma integrada com os demais setores do governo para dar cumprimento a seu programa de desenvolvimento com distribuição de renda e estabilidade econômica", diz a nota.

    Leia tudo sobre: dilma roussefftransiçãogoverno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG