Despedida de Itamar tem Dilma, FHC, Serra e Aécio

Presidenta dividiu espaço com ministros de Estado e tucanos no velório do senador e ex-presidente da República

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Depois de ser velado em Juiz de Fora (MG) e na capital mineira Belo Horizonte, o corpo do senador e presidente da República Itamar Franco foi cremado na tarde desta segunda-feira. Itamar morreu no último sábado, em decorrência de um acidente vascular cerebral . Ele estava internado desde o dia 21 de maio para tratar um quadro de leucemia , que foi agravado também por uma pneumonia .

Organizada no Palácio da Liberdade, antiga sede do governo mineiro, a última homenagem a Itamar reuniu 4.500 pessoas, entre eles a presidenta Dilma Rousseff , que chegou ao velório no início da tarde, depois de adiar para o meio-dia seu embarque em Brasília. Dilma viajou acompanhada das ministras da Casa Civil, Gleisi Hoffman, das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, e do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. Também estiveram no velório tucanos como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), além de outros políticos e autoridades.

Agência Brasil
Presidenta Dilma Rousseff compareceu ao velório acompanhada de ministros e dividiu espaço com tucanos como Fernando Henrique Cardoso

O velório sofreu um atraso pela manhã, em decorrência de um forte nevoeiro que fechou o aeroporto de Juiz de Fora nesta manhã, adiando em mais de uma hora a realização da cerimônia. Depois de ser recebido com honras militares, o corpo de Itamar chegou à base aérea da Pampulha, na capital mineira, às 10h32, e seguiu em carro aberto para o Palácio da Liberdade, antiga sede do governo mineiro, onde chegou por volta das 11h30. O caminhão de combate do Corpo de Bombeiros que transportou Itamar é o mesmo que levou os corpos do presidente Tancredo Neves, em 1985, e do vice-presidente José Alencar (PRB), neste ano.

Familiares de Itamar desembarcaram 10h11 na  Pampulha. As filhas Georgiana Surerus Franco, 41, e Fabiana Surerus Franco, 39, chegaram em avião da Força Aérea Brasileira (FAB), acompanhadas do ex-ministro-chefe da Casa Civil, Henrique Hargreaves. Além da família, estavam presentes políticos como o governador Antonio Anastasia (PSDB), o vice-governador Alberto Pinto Coelho (PP) e o presidente nacional do PPS, Roberto Freire.

Anastasia lembrou que, durante a última campanha eleitoral, Itamar se preocupava até mesmo com a alimentação de todos. "Ele andava com uma rapadura e oferecia a todos para dar energia, pois na campanha não temos tempo de comer", lembrou. Freire disse que não só a oposição perde com a morte de Itamar, mas todo Brasil. "Itamar é uma figura marcante por uma série de circunstâncias. Ninguém imaginava que ele seria presidente e ele pegou o País com um problema grave de hiperinflação. Perdemos um dos representantes mais significativos. Espero que sua posição na vida pública sirva de exemplo."

Após o encerramento do velório, que se estendeu até o meio da tarde, o corpo de Itamar seguiu para a cerimônia de cremação, em um cadilac da década de 1970. O caixão foi carregado ao som de 12 tiros de canhão e outros seis de fuzil, previstos dentro de honrarias dedicadas a chefes de Estado.

A cremação, que dura aproximadamente cinco horas, foi iniciada por volta das 16 horas, no Parque Renascer, na cidade de Contagem, na Grande Belo Horizonte. A família de Itamar deve buscar as cinzas na terça-feira, que serão depositadas no túmulo da mãe do político, Itália Cautiero Franco, no cemitério municipal de Juiz de Fora, a 260 quilômetros de Belo Horizonte.

AE
Corpo de Itamar é levado ao Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte

Homenagem

O velório de hoje marca a segunda homenagem a Itamar. Outra cerimônia foi realizada neste domingo, em Juiz de Fora, onde o político iniciou sua carreira na administração pública e foi prefeito em dois mandatos. Nesse caso, o velório ocorrido na Câmara Municipal teve início às 11h30. A visitação foi permitida até as 23 horas, ficou suspensa durante a madrugada, e foi reaberta na manhã de hoje, antes de o corpo embarcar com destino a Belo Horizonte. As filhas de Itamar, Georgiana e Fabiana, compareceram acompanhadas de Henrique Hargreaves. De acordo com a Polícia Militar, mais de 30 mil pessoas foram se despedir de Itamar Franco em Juiz de Fora.

Anastasia também esteve no primeiro velório, em companhia do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Aécio destacou a "retidão" de Itamar na vida pública e desejou sorte ao suplente do senador, Zezé Perrella (PDT). O prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos (PSDB), afirmou que Itamar mantinha uma relação especial com a cidade onde foi prefeito por duas vezes. “É um dia de sentimentos contraditórios, é uma enorme perda do estadista, de um dos maiores políticos de sua geração. Em Juiz de Fora ele é o Itamar. As pessoas sentem aqui a perda de um amigo."

    Leia tudo sobre: itamarvelórioex-presidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG