Deputados vão de carro oficial a evento de centrais

Enquanto militantes chegavam de ônibus ao Pacaembu para uma conferência, carros da Assembleia Legislativa estavam parados no local

iG São Paulo |

Enquanto militantes das centrais sindicais chegavam, ontem, em ônibus fretados à Praça Charles Miller, em São Paulo, para a Conferência Nacional da Classe Trabalhadora (Conclat), carros oficiais da Assembleia Legislativa de São Paulo estavam parados no estacionamento da portaria 23 do Estádio do Pacaembu, destinada ao acesso de políticos e da imprensa. O evento tinha o objetivo de aprovar a Agenda da Classe Trabalhadora, que será entregue aos três pré-candidatos à Presidência, mas acabou como um ato em defesa da continuidade do governo Luiz Inácio Lula da Silva. 

O deputado estadual Roberto Felício (PT-SP), pré-candidato ao terceiro mandato na Casa, foi um dos parlamentares a usar o carro oficial para ir ao evento. "Estou aqui como deputado. Não é um evento de natureza eleitoral, se não eu não viria", justificou. "Quando participei do lançamento da pré-candidatura do (Aloizio) Mercadante, como era uma atividade eleitoral, não usei o carro oficial. Mas aqui é uma atividade de natureza sindical, de movimento popular, e portanto não há nenhuma restrição e nenhuma razão para que eu evitasse o uso do carro." 

Outro veículo oficial estacionado era o do deputado estadual Major Olímpio (PDT-SP), indicado pelo deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, para ser candidato a vice na chapa de Mercadante (PT) ao governo paulista. O deputado não foi localizado pela reportagem para comentar o assunto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: centrais sindicaismercadantelula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG