Deputados ganham auxílio-moradia mesmo tendo imóvel em São Paulo

Dos 94 deputados, 33 declararam à Justiça ao menos um imóvel na cidade; auxílio-moradia de foi incorporado ao salário em 2002

Nara Alves, iG São Paulo | 15/04/2011 12:58 - Atualizada em 11/08/2011 19:43

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Além do salário de R$ 20.042,34 por mês e todas as benesses garantidas pela Assembleia Legislativa de São Paulo, os deputados estaduais recebem, mensalmente, um auxílio-moradia no valor de R$ 2.250,00, tenham ou não imóveis residenciais na capital paulista. O auxílio-moradia foi incorporado ao salário em 2002. Com isso, mesmo os deputados que possuem imóveis residenciais na capital ou na Grande São Paulo recebem legalmente o dinheiro.

Levantamento realizado pelo iG mostra que 33 dos 94 deputados paulistas declararam à Justiça Eleitoral serem proprietários de um ou mais imóveis residenciais na cidade - embora não sejam necessariamente moradores desses imóveis.

Os deputados Salim Curiati (PP), Campos Machado (PTB) e Edson Ferrarini (PTB), por exemplo, possuem mais de uma dezena de imóveis na capital paulista cada. O deputado Vitor Sapienza (PPS) declararou possuir apartamento na mesma região da Assembleia, na zona sul da cidade. Mesmo assim, todos eles recebem o auxílio-moradia.

Declaração de imóveis dos deputados de São Paulo

 

Gerando gráfico...
Fonte: Tribunal Superior Eleitoral

 

Na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, por exemplo, o auxílio-moradia é concedido apenas a deputados com imóvel residencial localizado a mais de 100 quilômetros da região metropolitana da capital fluminense. Se parlamentares que moram próximos à Grande São Paulo se negassem a receber o benefício, os cofres públicos paulistas poderiam economizar cerca de R$ 6,5 milhões.

De acordo com o relato de deputados contatados pela reportagem do iG, parlamentares que levantam a possibilidade de pedir para não receber a verba logo são enquadrados pelos colegas, que querem evitar a atenção da mídia – e da sociedade - para a mordomia.

Veja onde os 94 deputados de São Paulo possuem imóveis, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE):

Deputados que declararam imóveis na capital paulista (36%)

Adriano Diogo (PT)
Campos Machado (PTB)
Carlos Bezerra (PSDB)
Carlos Giannazi (PSOL)
Edson Ferrarini (PTB)
Celino Cardoso (PSDB)
Enio Tatto (PT)
Jooji Hato (PMDB)
José Zico Prado (PT)
Luiz Cláudio Marcolino (PT)
Luiz Moura (PT)
Milton Leite Filho (DEM)
Rodrigo Moraes (PSC)
Rui Falcão (PT)
Simão Pedro (PT)
Jorge Caruso (PMDB)
Vitor Sapienza (PPS)
Marcos Zerbini (PSDB)
Aldo Demarchi (DEM)
Antonio Salim Curiati (PP)
Ary Fossen (PSDB)
Baleia Rossi (PMDB)
Celso Giglio (PSDB)
Fernando Capez (PSDB)*
Hélio Nishimoto (PSDB)
José Bittencourt (PDT)
Luis Carlos Gondim (PPS)
Orlando Bolçone (PSB)**
Rita Passos (PV)
Rogério Nogueira (PDT)
Geraldo Vinholi (PSDB)
Ulysses Tassinari (PV)
João Antonio (PT)

*O deputado Fernando Capez (PSDB) esclareceu à reportagem do iG que optou pelos vencimentos, vantagens e direitos inerentes ao cargo de Procurador de Justiça. Como não recebe salário como parlamentar, não recebe auxílio-moradia

**O deputado Orlando Bolçone (PSB) declarou imóvel na capital, mas esclareceu à reportagem do iG que doa o valor referente ao auxílio-moradia a entidades assistenciais

Deputados que declararam imóveis na Grande São Paulo (16%)

Ana do Carmo (PT)
Donisete Pereira Braga (PT)
Estevam Galvão de Oliveira (DEM)
Carlos Grana (PT)
André do Prado (PR)
Geraldo Cruz (PT)
Heroilma Soares Tavares (PTB)
Isac Reis (PT)
João Caramez (PSDB)
José Cândido (PT)
Marcos Martins (PT)
Marcos Neves (PSC)
Orlando Morando (PSDB)
Vanessa Damo (PMDB)
Regina Gonçalves (PV)

Deputados que declararam imóveis a menos de 100 km de São Paulo (10%)

Feliciano Filho (PV)
Adilson Rossi (PSC)
Beto Trícoli (PV)
Carlos Cezar (PSC)
Marco Aurélio de Souza (PT)
Maria Lúcia Amary (PSDB)
Milton Vieira (DEM)
Pedro Bigardi (PC do B)
Telma de Souza (PT)
Hamilton Pereira (PT)

Deputados que declararam imóveis a mais de 100 km de São Paulo (25%)

Antonio Mentor (PT) *Errata: por um erro da reportagem, o nome do deputado constou até 22/06/11 na lista dos que declararam imóvel na capital paulista. Mentor possui imóvel em Americana, onde reside.

Leci Brandão (PC do B)
Olímpio Gomes (PDT)
Gerson Bittencourt (PT)
Afonso Lobato (PV)
Ana Perugini (PT)
Barros Munhoz (PSDB)
Carlão Pignatari (PSDB)
Cauê Macris (PSDB)
Chico Sardelli (PV)
Edmir Chedid (DEM)
Dilmo dos Santos (PV)
Gilson de Souza (DEM)
Itamar Borges (PMDB)
João Paulo Rillo (PT)
Pedro Tobias (PSDB)
Reinaldo Alguz (PV)
Roberto Engler (PSDB)
Roberto Massafera (PSDB)
Roberto Morais (PPS)
Roque Barbiere (PTB)
Samuel Moreira (PSDB)
Vinícius Camarinha (PSB)
Welson Gasparini (PSDB)

Deputados que declararam não possuir imóveis (13%)

Gilmaci Santos (PRB)
André Soares (DEM)
Alencar Santana (PT)
Alex Manente (PPS)
Analice Fernandes (PSDB)
Célia Leão (PSDB)
Ed Thomas (PSB)
Edinho Silva (PT)
Gil Arantes (DEM)
Mauro Bragato (PSDB)
Rafael Silva (PDT)
Sebastião Santos (PRB)

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG


Ver de novo