Denúncias de corrupção no MS são graves, diz Gurgel

Procurador-Geral da República promete ajuda ao Fórum Mato Grosso do Sul pela Ética na política

Alessandra Messias, iG Campo Grande |

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou durante audiência concedida à Comissão Especial da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Groso do Sul (MS) que as denúncias de corrupção que envolve os três poderes serão investigadas. “As denúncias são muito graves e terão que ser devidamente apuradas,” disse.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira em Campo Grande pelo presidente da OAB-MS, Leonardo Avelino Duarte. Segundo ele, Gurgel se prontificou em ajudar as entidades e conselhos de classe que compõem o Fórum MS pela Ética na averiguação de todas as denúncias já formalizadas.

“O procurador disse que vai aproximar o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual para que todos os fatos sejam devidamente esclarecidos e, inclusive, já designou um procurador da República para cuidar do assunto,” acrescentou Duarte.

O encontro de Gurgel com os representantes da OAB-MS aconteceu quarta-feira em Brasília, com a participação do presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados, Ophir Cavalcante, do presidente da Seccional de Mato Grosso do Sul, do ex-presidente Marcelo Barbosa Martins e do advogado Marco Antonio Castelo.

    Leia tudo sobre: eleições msavelino duarte mspgrcorrupção msoab ms

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG