Denúncias contra ministro já atingiram campanha de Agnelo

Rival exibiu, no ano passado, vídeo de ex-funcionário de ONG acusando petista de desviar recursos do Ministério do Esporte

Fred Raposo, iG Brasília |

Denúncias de suposto desvio de recursos do programa Segundo Tempo , que hoje atingem o ministro do Esporte, Orlando Silva, também protagonizaram momentos de tensão na campanha eleitoral de 2010 ao Palácio do Buriti.

Na época, o alvo das acusações era o antecessor de Orlando Silva na pasta, o governador Agnelo Queiroz, que disputava a eleição pelo PT. Elas foram exibidas no programa eleitoral de seu principal rival, o ex-governador Joaquim Roriz.

Roriz levou ao ar depoimento de Michael Vieira da Silva, um ex-funcionário do Instituto Novo Horizonte - entidade não-governamental que havia sido beneficiada por repasses do Ministério do Esporte na gestão de Agnelo (2003-2006).

Na gravação, que reavivou denúncias publicadas pela imprensa em 2008, Vieira acusou o petista de integrar esquema que usava notas frias para desviar verbas do Segundo Tempo.

“Logo que saía a verba, o Agnelo ligava querendo a parte dele”, afirmou Vieira, que chegou a fugir do programa de proteção a testemunhas para gravar o depoimento para a campanha de Roriz.

O vídeo, no entanto, só foi ao ar cerca de um mês depois que Roriz deixou a corrida eleitoral, pois corria o risco de ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Em seu lugar, o ex-governador lançou a candidatura da mulher, Weslian.

O petista negou as acusações e recorreu à Justiça, que considerou o vídeo ofensivo e determinou a retirada da propaganda do ar.

Na época, contudo, Vieira já apontava o PC do B como operador do esquema de corrupção que supostamente teria se instalado no ministério. Agnelo foi filiado ao partido comunista até migrar para o PT, no ano passado, justamente para disputar as eleições. Calcula-se que o desvio de recursos no ministério, por conta de convênios com ONGs no programa Segundo Tempo, chegue a R$ 40 milhões.

    Leia tudo sobre: agnelocorrupçãororizweslianministério do esporte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG