Corte de R$ 3 bi no Orçamento atende plenamente pedido do governo

Relatora-geral espera que tramitação do seu texto se encerre na quarta-feira, com aprovação no Congresso.

Danilo Fariello, iG Brasília |

A relatora-geral do Orçamento de 2011. senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), afirma que o corte de R$ 3 bilhões por ela incluída no texto que vai a votação no Congresso esta semana foi o valor total apresentado formalmente pelo Ministério do Planejamento. Segundo ela, o relatório-geral adotou integralmente o pedido de corte solicitado pelo Executivo.

Na semana passada, Paulo Bernardo, Ministro do Planejamento, afirmou que seria necessário corte de cerca de R$ 10 bilhões, a partir do relatório de receitas apresentado pelo deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) e aprovado em Comissão Mista de Orçamento. Segundo Serys, porém, ela teve com Bernardo uma conversa de "mão dupla", em que o valor total proposto por ele foi reduzido e aceito.

O corte foi feito na forma de destinação de recursos de contingência, principalmente para o Bolsa Família e para possíveis passivos judiciais que apareçam ao longo do ano. Segundo Serys, "se a receita não cair conforme previsto, esses recursos já teriam destinos autorizados no orçamento".

Sobre a possibilidade de cortes pelo Executivo além dos indicados no orçamento, a senadora afirmou que espera que o documento votado no Congresso não seja fictício, e "que seja verdadeiro na sua totalidade".

A expectativa da senadora é de que amanhã o seu relatório seja aprovado na Comissão de Orçamento e, ainda na quarta-feira, seja votado e aprovado em plenário da Câmara e do Senado. "Há uma expectativa muito positiva para isso."

Questionada em entrevista coletiva por ter sido a terceira relatora-geral do Orçamento de 2011, depois da saída do senador Gim Argello (PTB-DF) e de Ideli Salvatti (PT), que será Ministra da Pesca no governo Dilma Rousseff, Serys afirmou estar realizada por ter concluído o trabalho em cerca de dez dias. "Quando existe um esforço conjundo e grandioso a gente consegue fazer as coisas acontecerem."

Nesta noite de segunda-feira, Serys está presente na Comissão Mista do Orçamento, onde lê seu relatório ao plenário. Amanhã pela manhã, a Comissão volta a se reunir.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG