Corregedoria da Câmara recebe hoje defesa de Jaqueline Roriz

Depois de ter os bens bloqueados, parlamentar terá seu caso analisado e um parecer entregue ao Conselho de Ética

Agência Brasil |

Os advogados de Jaqueline Roriz (PMN-DF) entregam nesta segunda-feira (28) ao corregedor da Câmara a defesa da parlamentar no processo em que ela responde por quebra de decoro parlamentar. Jaqueline foi filmada recebendo R$ 50 mil do delator do esquema que ficou conhecido como mensalão do DEM no Distrito Federal, Durval Barbosa.

Leia o especial do iG sobre o escândalo do mensalão do DF

Com base na defesa e na análise das filmagens, o corregedor, deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), vai elaborar um parecer que será encaminhado ao Conselho de Ética, onde Jaqueline também é investigada.

A defesa de Jaqueline deverá se encontrar também com o relator do processo no conselho, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP). De acordo com a assessoria da deputada, um documento relacionado ao caso deve ser entregue ao relator.

Se a parlamentar for condenada por quebra de decoro, ela perde o mandato e os direitos políticos pelos próximos oito anos. Mesmo se renunciar, o processo contra ela continua no Conselho de Ética.

    Leia tudo sobre: jaqueline rorizmensalão DEMdefesa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG