Conselho de ética do PR abre processo contra Sandro Mabel

Além de ser advertido, deputado corre o risco de ser expulso e perder o direito de representar o partido na Câmara

Agência Brasil |

O Conselho de Ética do Partido da República (PR) abriu processo disciplinar contra o deputado Sandro Mabel (GO) e pede a suspensão de suas atividades partidárias. Isso abre possibilidade para que ele possa ser advertido ou expulso do partido e perder o direito de representar a legenda na Câmara.

Mabel é processado por ter lançado candidatura avulsa à presidência da Câmara na eleição de 1º de fevereiro mesmo com a determinação do partido de apoiar o candidato oficial, Marco Maia (PT-RS). O processo aberto ontem (10) poderá propor advertência ou expulsão do parlamentar da legenda.

Em sua defesa, Mabel alega que o Regimento Interno da Câmara permite a apresentação de candidaturas avulsas e que, por isso, não há motivos para um partido impedir a candidatura de um de seus integrantes.

Mesmo com a falta de apoio de seu partido, Mabel ficou em segundo lugar na disputa pela presidência da Casa, com 106 votos. O candidato oficial, Marco Maia, venceu com 375 votos.

    Leia tudo sobre: sandro mabelPRprocesso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG