Comissão de Ética do PR recomenda punição de Mabel

Se o partido acatar sugestão, Mabel, que concorreu à presidência da Câmara contra sigla, não poderá exercer atividade partidária

AE |

selo

A Comissão de Ética do PR decidiu recomendar ao partido a suspensão das atividades partidárias do deputado federal e ex-líder Sandro Mabel (GO) e a dissolução do PR do Estado de Goiás.

Se o partido acatar a sugestão, Mabel não perderá o mandato, mas não poderá exercer nenhuma atividade partidária na Câmara, como relatar projetos e presidir comissões.

A recomendação da punição, discutida hoje em reunião extraordinária da Comissão, se deve pelo fato de o deputado ter se candidatado à presidência da Câmara dos Deputados no início desta legislatura, desobedecendo à orientação do partido de apoiar o candidato petista Marco Maia (PT-RS).

    Leia tudo sobre: Sandro MabelPRexpulsão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG