Com Bernardo, Comunicações usa mais o Twitter para divulgar ações

Novo ministro é "twitteiro de carteirinha" e tem 11,6 mil seguidores; ministério está no microblog desde julho, mas usa mais agora

Agência Brasil |

Seguindo o estilo “tecnológico” de Paulo Bernardo, o Ministério das Comunicações adotou a rede social Twitter como uma das principais formas de divulgar informações oficiais. O novo ministro é um "twitteiro de carteirinha", e já tem mais de 11,6 mil seguidores.

O Ministério das Comunicações está no Twitter desde julho do ano passado, mas desde o início deste ano as postagens passaram a ser mais constantes: são cerca de dez anúncios por dia. Os tweets, como são chamadas as postagens com até 140 caracteres, tratam de temas como a agenda do ministro, andamento de reuniões, atividades do ministério e até anúncios de novos secretários. Os nomes do secretário executivo, Cezar Alvarez, e do secretário de Telecomunicações, Nelson Fujimoto, foram anunciados pela rede social.

No perfil do Ministério das Comunicações, a publicação das informações fica a cargo da assessoria de imprensa. Já as informações de Paulo Bernardo são publicadas por ele mesmo, que pode ser visto em diversas ocasiões teclando em seu Iphone. O ministro colocou na foto principal do seu perfil no Twitter um registro do momento em que a presidenta Dilma Rousseff assinou o ato que o nomeou ministro das Comunicações.

Paulo Bernardo já escreveu mais de 6,3 mil tweets desde que ingressou na rede social, em 2009. O ministro sempre começa o dia saudando seus seguidores e anunciando os primeiros compromissos da manhã, sejam eles uma entrevista, uma reunião ou uma caminhada. Ele também comenta notícias publicadas nos jornais do dia e até o clima em Brasília ou em Londrina, no Paraná.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG