CNT/Sensus: avaliação do governo é positiva para 49,2%

De acordo com levantamento, aprovação pessoal da presidenta é de 70,2% e expectativa positiva chega a 61,3%

AE |

selo

O governo da presidenta Dilma Rousseff tem avaliação positiva de 49,2% da população, segundo pesquisa feita pelo Instituto Sensus por encomenda da Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Esta é a primeira avaliação do governo Dilma feita pela pesquisa CNT/Sensus. O levantamento divulgado hoje ouviu 2 mil pessoas no período de 7 a 12 de agosto.

De acordo com a pesquisa, a aprovação corresponde à média do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos primeiros anos de seu primeiro e segundo mandato. Em agosto de 2003, a aprovação de Lula era de 48,3%. Em junho de 2007, no primeiro ano do segundo mandato, esse índice era de 47,5%.

Do total que avalia positivamente o governo Dilma, a gestão da petista é considerada ótima por apenas 10,1% dos entrevistados, enquanto 39,1% a consideram boa. O governo Dilma é considerado ruim ou péssimo por 9,3% da população, sendo que 37,1% o consideram regular.

O levantamento é o primeiro divulgado desde o início do governo Dilma. O Instituto Sensus ouviu 2 mil pessoas no período de 7 a 12 de agosto.

AE
Maioria dos entrevistados acompanhou denúncias no Ministério dos Transportes

No que se refere a sua avaliação pessoal, Dilma é aprovada por 70,2% da população, segundo a pesquisa. O desempenho da presidenta é desaprovado por 21,1% dos entrevistados, enquanto 8,8% não responderam. O índice é próximo ao registrado por Lula em agosto de 2003, durante seu primeiro mandato. Na época, o então presidente contava com apoio de 76,7%. Já no primeiro ano do segundo mandato, em junho de 2007, a aprovação ao desempenho pessoal de Lula era de 64% (em junho de 2007.

Em comparação com índices anteriores, tendo em conta o mesmo período do governo Lula, a reprovação pessoal do ex-presidente era menor no primeiro mandato. Lula era desaprovado por 16,2% da população em agosto de 2003. Em contrapartida, Lula era desaprovado por 29,8% da população em junho de 2007, no segundo mandato - ou seja, a reprovação de Dilma é 8,7 pontos menor que a de Lula no primeiro ano do segundo mandato. 

Expectativa

A expectativa favorável em relação ao governo da presidenta é maior que a aprovação dada à gestão. O levantamento mostra que 61,3% dos entrevistados têm expectativa positiva em relação ao governo da petista, enquanto o governo é aprovado por 49,2% da população.

Segundo a pesquisa, 13,6% dos entrevistados acreditam que Dilma fará um ótimo governo, enquanto 47,7% acham que ela fará um bom governo. Apenas 7,5% acham que ela fará um governo ruim ou péssimo. Em contrapartida, 10,1% da população consideram o governo Dilma ótimo, enquanto 39,1% o avaliam como bom e 9,3% o consideram ruim ou péssimo.

Denúncias

A pesquisa da CNT já contempla o impacto de crises como a que eclodiu no Ministério dos Transportes.  De acordo com o levantamento, 65,7% da população tem acompanhado as denúncias de irregularidades na pasta. A sondagem mostra ainda que, para 45,9% dos entrevistados, a crise no ministério afetou a imagem da presidenta.

Segundo a pesquisa, a imagem de Dilma não foi afetada para 16,9%. Ainda de acordo com a sondagem, 52,1% dos entrevistados aprovam as medidas anticorrupção do governo, enquanto 9% as desaprovam. E, para 43,6% da população, a crise nos Transportes ainda não foi solucionada. Apenas 16,9% acham que a crise foi solucionada total ou parcialmente.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG