O jipe estava com placa verde, reservada a veículos em teste, e só poderia ser guiado por técnicos

O rally do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), por uma estrada federal para protestar contra seu estado de conservação foi feita com um jipe. Cid guiou por 120 quilômetros pela BR-222 um veículo 4x4 com placa verde. De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, a placa verde é utilizada pelos fabricantes ou montadoras para a realização de testes destinados ao aprimoramento de seus produtos. Somente técnicos ou engenheiros autorizados podem conduzir os veículos. Um veículo nestas condições não poderia rodar tantos quilômetros - ainda mais porque não tem licenciamento.

Carro pilotado por Cid Gomes, com a placa verde reservada a testes
Daniel Aderaldo/iG
Carro pilotado por Cid Gomes, com a placa verde reservada a testes
Segundo o Contran, Cid está sujeito a receber uma multa de R$ 191,54 e a perder sete pontos na carteira – a infração é gravíssima – por conduzir um veículo sem licenciamento. O carro também deveria ser apreendido.

A irregularidade não foi flagrada pelos 14 agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que acompanharam a carreata de 100 carros entre os municípios de Sobral e Itapajé, em protesto pela buraqueira nas rodovias federais que cortam o Ceará. O chefe de Policiamento e Fiscalização da PRF no Ceará, Ricardo Araújo, justificou dizendo que “havia muitos carros”. “O ideal seria parar cada automóvel em um posto e realizar a fiscalização”, disse ele.

A assessoria de comunicação do governo do Ceará informou ao iG que Cid “chegou a Sobral e foi conduzido ao veículo”. Ainda segundo a assessoria, o governador não sabia a quem pertencia o veículo e se ele estava regular ou não.

A assessoria da TAC Motors, fabricante do jipe zero quilômetro, branco, modelo Stark 4WD, utilizado por Cid, afirma que o veículo foi emprestado para a organização do protesto por uma revendedora em Fortaleza. A reportagem do iG acompanhou o rally e identificou outros dois veículos da empresa, ambos com placa verde.

O Ceará disputa com Amazonas e Bahia a possibilidade de ter uma nova fábrica da TAC, atualmente sediada em Joinville, Santa Catarina. O terreno solicitado é de 200 mil metros quadrados. O investimento é da ordem de R$ 80 milhões na fábrica nos próximos cinco anos.

A bordo de um veículo 4x4 zero quilômetro, o governador do Ceará, Cid Gomes, cumprimenta população de Miraíma durante rally no domingo, dia 15 de maio
Daniel Aderaldo
A bordo de um veículo 4x4 zero quilômetro, o governador do Ceará, Cid Gomes, cumprimenta população de Miraíma durante rally no domingo, dia 15 de maio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.