Cid diz que vai 'provar' corrupção dos Transportes no STJ

Declaração do governador prolonga crise relevada pelo iG e que se arrasta desde o começo da semana

Severino Motta e Andréia Sadi, iG Brasília |

Fazendo prolongar uma crise que se arrasta desde o começo da semana, o governador do Ceará Cid Gomes (PSB) disse ao iG que aguarda “com grande expectativa” sua convocação pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde o ministro dos Transportes o processa por injúria e difamação. "Vou ratificar minha opinião para provar que o ministério é inepto e corrupto, apesar de não querer polemizar", disse.

A crise envolvendo o governador do Ceará Cid Gomes e o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento teve início na segunda-feira (9) após o Poder Online revelar declarações do chefe do executivo cearense taxando o auxiliar da presidenta Dilma Rousseff de “incompetente e desonesto”, e classificando sua pasta como um “antro de corrupção”.

Não bastassem as críticas, geradas devido às condições da BR-222 e suposta falta de investimentos federais no local, Cid chegou a dizer que o ministro sempre o atendia com cordialidades, mas desconfiava que após virar as cotas Nascimento lhe erguia o dedo do meio em riste – o que, numa expressão nordestina, seria “dar o cotoco”.

"Esse ministro, nele eu já perdi a fé. Eu chego lá, é uma cortesia danada, uma gentileza danada. Você sai de lá, parece que ele dá é cotoco pra mim, pelas minhas costas. Por isso eu, pessoalmente, confesso que, com esse ministro, não trato mais."

As declarações, dadas no sábado (6) em Sobral (CE), terra natal do governador, abriram uma crise que desembocou na apresentação, por Nascimento, de notícia-crime no Superior Tribunal de Justiça (STJ), no dia 11, pedindo a prisão do governador pelos crimes de injúria e difamação.

Divulgação/Governo do Ceará
Cid Gomes e o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento
Veja abaixo os principais fatos do caso revelados pelo iG :

Segunda-feira (9) – O Poder Online revela declarações de Cid Gomes taxando o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, de “inepto, incompetente e desonesto” e classificando sua pasta como um antro de corrupção. 

No evento em sua terra natal, Sobral, o governador ainda convocou para o dia 15 um Rally na BR-222, foco da crise entre os dois políticos.

No mesmo dia, Nascimento divulgou nota para o iG dizendo que o governador nunca havia lhe procurado para tratar da condição da BR-222.

Terça-feira (10) – O Poder Online apresenta vídeo feito por empresários do setor de transportes do Ceará com imagens da BR-222 em condições precárias.

Cid Gomes, por sua vez, rebate as críticas de Nascimento , dando conta que ele nunca teria lhe pedido ajuda para a BR-222 mostrando uma foto de 2008, em que ele está reunido com o ministro.

Nesse mesmo dia, vendo a tensão crescer, a presidenta Dilma Rousseff convoca Nascimento para uma reunião em que ele teria que explicar a briga com o governador do Ceará. O iG também revela que Nascimento iria apresentar uma queixa-crime contra Cid , que fez novas acusações ao ministério dos Transportes, classificando-o, agora, de “feudo do PR” .

O Poder Online ainda descortinou a crise e revelou a possível disputa eleitoral de 2012 como uma das causas da briga entre o governador e o ministro Nascimento.

    Leia tudo sobre: cid gomesPSBministério dos transportes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG