Chalita e Haddad se encontram para discutir eleição de 2012

No encontro, ministro da Educação teria admitido interesse em concorrer em São Paulo e dito que Lula defende renovação

Andréia Sadi, iG Brasília |

Pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo, o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o deputado federal Gabriel Chalita (PSB-SP) almoçaram juntos ontem (4), em Brasília, para discutir o cenário eleitoral de 2012. Haddad, segundo relatos de interlocutores, admitiu que gostaria de ser candidato na capital paulista. Confirmou ainda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva gostaria de ver o partido apostar em uma novidade na eleição deste ano.

AE
Chabriel Chalita deve confirmar filiação ao PMDB no dia 4, junto com Paulo Skaf

O teor da conversa foi relatado por Chalita a oito caciques do PMDB, em um jantar oferecido na noite de ontem, no Palácio do Jaburu, pelo vice-presidente Michel Temer. Hoje, peemedebistas repetiam que, na avaliação de Lula, o PT "perdeu o timing" e o PMDB acabou saindo na frente ao convidar Chalita para disputar a prefeitura paulistana no ano que vem. "Lula tem falado que o PMDB partiu na frente", admitiu Valdir Raupp após seminário promovido pelo partido hoje na Câmara.

"Lula disse que queria uma novidade e que esta história de Marta Suplicy e Aloizio Mercadante não dava mais. Para o ex-presidente, o PT cochilou e a renovação pode ser Chalita", disse ao iG um dos peemedebistas presentes no jantar. Chalita disse aos novos companheiros que está "vibrando" com a possibilidade de sair candidato na disputa municipal no ano que vem. "Se o PT quiser vir de vice, pode vir. Mas se não quiser..", completou Raupp.

Participaram do encontro no Jaburu, além de Temer, os senadores Valdir Raupp, Romero Jucá, Renan Calheiros, Eunício Oliveira e José Sarney. O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves, e o ministro Wagner Rossi. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, também foi convidado.

Segundo Raupp, Skaf deve se filiar na próxima quarta-feira, em Brasília, em evento para 100 pessoas. Já Chalita será filiado no dia 4 de junho, em um megaevento para três mil pessoas, em São Paulo."Skaf disse que não tem nenhuma reivindicação e está à disposição do partido. Chalita tem o compromisso do PMDB de que será candidato", contou Oliveira.

    Leia tudo sobre: lulagabriel chalitamichel temerpaulo skaf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG