CGU pede para Ana de Hollanda devolver diárias

Ministra da Cultura passou dias de folga na cidade do Rio de Janeiro, onde tem imóvel próprio

AE |

selo

A Controladoria-Geral da União (CGU), órgão de controle do governo federal, pediu hoje para a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, devolver as diárias recebidas por dias de folga na cidade do Rio de Janeiro, onde ela tem imóvel próprio.

A recomendação foi feita após conversa entre a própria ministra e o ministro da CGU, Jorge Hage. "Chegou-se ao entendimento conjunto de que seria mais conveniente a devolução dos valores correspondentes às diárias recebidas naqueles dias em que não houve compromissos oficiais", disse a CGU, em nota.

Segundo a CGU, serão devolvidas nos próximos dias as diárias dos dias 9 e 16 de janeiro, 10, 16 e 17 de abril. Na nota, a CGU diz "que o número de viagens realizadas pela ministra da Cultura é plenamente justificado, tendo em vista a localização, no Rio de Janeiro, de um grande número de entidades vinculadas ao Ministério da Cultura".

A devolução das diárias é necessária, segundo a CGU, "tendo em vista, entretanto, que, em algumas das viagens, a ministra permaneceu no Rio de Janeiro nos finais de semana a fim de atender a compromissos oficiais na segunda-feira".

O jornal O Estado de S. Paul o revelou ontem que a ministra da Cultura tem o hábito de marcar compromissos oficiais fora de Brasília, principalmente no Rio, às sextas e segundas-feiras, e receber a ajuda financeira não só pelos dias de trabalho fora da capital federal como pelos sábados e domingos de folga.

    Leia tudo sobre: Ana de HollandaCGUdiárias

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG