Centrais sindicais vão intensificar ações no 2º semestre

Entidades se reuniram nesta segunda-feira para definir calendário de ações para os próximos meses

AE |

selo

As centrais sindicais anunciaram hoje que irão intensificar suas ações de reivindicação no segundo semestre em todo o País. Reunidas hoje para o anúncio do calendário de lutas da pauta trabalhista em São Paulo, as entidades enviarão representantes para o Congresso Nacional a partir de amanhã para tentar colocar em votação matérias de interesse dos trabalhadores. "Nós vamos pautar as votações do Congresso com os projetos que atendam os sindicatos", afirmou o presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Antonio Neto.

Entre as reivindicações das centrais estão a redução da jornada semanal de trabalho para 40 horas, o fim do fator previdenciário e a regulamentação da terceirização de funcionários. As mobilizações começarão a partir dos dia 6 de julho, quando os sindicalistas irão protestar nas ruas do Centro-Oeste do País. No dia 14, as manifestações irão ocorrer na Região Norte; no dia 21, no Nordeste; no dia 28, no Sul; e no dia 3 de agosto, na Região Sudeste.

"Vamos intensificar a nossa ação no segundo semestre para ver se ainda este ano, que não é ano eleitoral, temos nossas reivindicações aprovadas", afirmou Antonio Neto.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG