Celso Amorim se reúne com comandantes militares no Planalto

Em encontro, novo ministro da Defesa se apresentará oficialmente e acertará detalhes da posse, prevista para segunda-feira

Fred Raposo, iG Brasília |

O novo ministro da Defesa, Celso Amorim, se reúne às 16h deste sábado com os comandantes das Forças Armadas, em Brasília. O encontro, que acontece no Palácio do Planalto, serve para Amorim se apresentar oficialmente ao comando militar brasileiro já como ministro da pasta.

Segundo a assessoria de imprensa da Defesa, estarão presentes o general Enzo Peri (Exército), o brigadeiro Juniti Saito (Aeronáutica), o almirante Júlio Soares de Moura Neto (Marinha) e o general José Carlos De Nardi (Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas), além de assessores do ex-ministro Nelson Jobim, que antecedeu Amorim na pasta.

Antes da reunião no Planalto, Amorim se encontrou com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada. O encontro com os militares também servirá para acertar detalhes da cerimônia de posse do novo ministro, previsto para segunda-feira.

Ex-chanceler nos dois mandatos de Lula, Amorim foi nomeado para a Defesa após Jobim deixar o cargo na última quinta-feira, depois de uma sucessão de declarações polêmicas sobre o governo e colegas de Esplanada.

A gota d'água foi uma reportagem publicada pela revista Piauí , na qual Jobim diz que a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) é "fraquinha" e que Gleisi Hoffmann (Casa Civil) "nem conhece Brasília". Jobim, que estava em viagem oficial a Tabatinga, no Amazonas, antecipou sua volta a Brasília para se reunir com Dilma. Antes mesmo de o ministro desembarcar, a presidenta avisou que lhe daria a oportunidade de tomar a iniciativa de pedir demissão do cargo. Caso contrário, ela mesma o demitiria.

Com a demissão de Jobim, a presidenta perde o terceiro integrante do primeiro escalão de seu governo em apenas dois meses. No início de julho, o ex-chefe da Casa Civil Antonio Palocci deixou o cargo sob denúncias de suposto enriquecimento ilícito. Em junho, foi a vez de Alfredo Nascimento deixar os Transportes, sob acusação de integrar um esquema de corrupção comandado pelo PR.

AE
Dilma com Amorim em Brasília

    Leia tudo sobre: celso amorimdefesamilitaresdilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG