Casa Civil prepara documentos para equipe de Dilma

Informações sobre contratos que chegam ao final estão entre os dados que subsidiarão os trabalhos do grupo de transição

Agência Estado |

A Casa Civil da Presidência da República deve enviar até sexta-feira os primeiros documentos que subsidiarão os trabalhos da equipe de transição do governo da presidente eleita, Dilma Rousseff (PT). Os deputados Antonio Palocci (PT-SP) e José Eduardo Cardozo (PT-SP) despacharam hoje pela manhã no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, sede do governo de transição, com técnicos da equipe.

Mas os trabalhos só começam, efetivamente, após o recebimento da documentação. Até o fim da semana, os coordenadores da transição esperam receber, pelo menos, três volumes de documentos considerados essenciais: um deles é o chamado "caderno dos 120 dias", trazendo as obrigações que deverão ser cumpridas nos primeiros quatro meses do próximo governo, com informações, por exemplo, sobre contratos que chegarão ao final.

Os outros dois volumes são cadernos temáticos, que trarão as informações essenciais dos principais programas do governo. Os coordenadores da equipe de transição também cogitam convidar especialistas de diversas áreas para colaborar com os trabalhos do grupo. Seriam convidados profissionais com notória especialização em suas áreas, como educação, saúde e infraestrutura, para municiar os técnicos com informações selecionadas.

    Leia tudo sobre: dilmatransição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG