Carlos Lupi dará explicações à Câmara nesta quinta-feira

Ministro do Trabalho vai comparecer à Comissão de Fiscalização Financeira e Constrole para prestar esclarecimento sobre denúncias

iG São Paulo |

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, chefe da pasta que está no foco de denúncias de supostas irregularidades, irá à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados na quinta-feira para prestar esclarecimentos, informou a secretaria da comissão nesta quarta.

Entenda a crise no Tranalho: Ministério do Trabalho entra em escândalo no Esporte

AE
Ida de Lupi ao Congresso segue roteiro de outros ministros envolvidos em denúncias

De acordo com o órgão, os requerimentos de convite e convocação do ministro foram retirados da pauta após a confirmação de que o Lupi irá "espontaneamente" à audiência. O depoimento do ministro deve ter início às 9h30.

Na audiência, Lupi dará esclareci mentos sobre as denúncias de irregularidades na pasta. A crise no Ministério do Trabalho teve início após o iG revelar, no último dia 26, a existência de um esquema de desvios baseado em contratos com ONGs, semelhante ao que atingiu o Ministério do Esporte . O caso foi reforçado por denúncia feita no último fim de semana pela revista Veja apontando mais irregularidades nos convênios da pasta.

A ida de Lupi ao Congresso segue o roteiro de boa parte dos ministros que deixaram o governo da presidenta Dilma Rousseff por suspeitas de participação em esquemas de corrupção. Desde que as denúncias vieram à tona, Lupi também decidiu instaurar uma sindicância, pediu que a Polícia Federal investigue o caso e afastou um dos servidores envolvidos nas denúncias.

Seis ministros já deixaram o governo desde junho , cinco deles em meio a denúncias de irregularidades - Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Wagner Rossi (Agricultura), Pedro Novais (Turismo) e Orlando Silva (Esportes).

*Com informações da Reuters e Agência Câmara

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG